quinta-feira, junho 09, 2016

Regresso às travessias


Após algum tempo sem atualizações e desafios regressamos com a primeira grande aventura do ano que acabou por ser encurtada, mas lá chegaremos.

Tínhamos na agenda preparado para dia 28 de junho uma travessia organizada pelos Furões do Alentejo que ligaria Arraiolos a Setúbal num total de 150km sendo que grande parte dos caminhos já eram nossos conhecidos de outras aventuras.

De forma a facilitar a logística decidimos partir em sentido inverso, ou seja de Setúbal e ir de encontro ao restante grupo sensivelmente a meio do percurso. Trocamos uns e-mails, uns ajustes no track e estávamos prontos.

Chegado o dia, as previsões meteorológicas não eram as mais animadores para tamanho desafio, chuva forte todo o dia. Ainda assim às 7h de manhã estávamos 3 estarolas equipados e prontos a arrancar. A chuva era inconstante e lá fomos avançando com algumas paragens para nos abrigarmos. Os primeiros quilómetros em direção a Alcácer do Sal foram feitos por alcatrão para fugir à lama.

Com apenas 40km feitos recebemos a notícia que do outro lado, o restante grupo desistiu, não estava fácil para eles que apanharam muita lama e ainda levaram com granizo. Não tivemos outra alternativa senão abortar também. No regresso entrámos no track e fizemos a parte final do percurso junto à linha ferroviária em direção à Herdade do Zambujal e o restante em estradões. Ficámos assim com apenas 80km’s feitos e aborrecidos com o S. Pedro que estragou uma travessia que tinha tudo para correr bem.

Não se perdeu tudo, no final, com o grupo todo reunido e já secos tínhamos à espera um grande almoço.

Ficam as poucas fotos possíveis de tirar.